outubro 07, 2016

O mar

Pensei muito e vi que você é o mar.
Eu corro para você e você foge de mim.

Quando desisto, logo vem você me pegando pela cintura
me refrescando e me afogando com uma onda.
Luto para levantar, seguido de outro ataque.

Já na areia, penso em ir embora
e você vem aos meus pés.

Neste ritmo,
no dia que eu largar a praia
vai ver que o seu nível sobe.

Nenhum comentário: