setembro 16, 2016

Noites de sexta

Os anos passaram e me lembro como era fácil uma sexta-feira a noite. A correria me levava pra casa, vassoura, produtos de limpeza à mão e em uma hora estava tudo limpo.

Um banho quente, um sono de 30 minutos e lá estava eu indo para o rock. Cervejas mais cervejas, algumas bocas. O bate-papo com amigos que nunca vi e que talvez nem os veria mais.

Uma amnésia e a sensação de que a noite foi melhor do que imaginava.

Nenhum comentário: