fevereiro 12, 2014

Fragilidade humana

E tudo parece tão besta agora.
Nossas brigas, nossas crises de ciúme.

Onde erramos?
Se o sentimento ainda existe, por que não posso te ter?

Nenhum comentário: