fevereiro 18, 2014

Conto de fadas

A última página foi roubada.
Não havia feliz para sempre.

Nenhum comentário: