janeiro 16, 2014

Ainda te espero

Corre. Arruma as gavetas.

Joga o cheirinho no banheiro. Bota o sabonete com cheiro de sabão em pó na saboneteira.
Cortinas lavadas, cheirosas e abertas. O sol e a brisa do mar entram pela casa.

Rádio pronto com a nossa música.

Vem que estou te esperando.

Seja

O desejo de se entregar
de pertencer
de ser de.

Deixa a música

É o sentir. Bate, bate, bate no ritmo da música.
A música que não escolhemos, o ritmo que não escolhemos.

Ouça a música. Deixe que ela tome conta de ti.
O coração indicará o resto do caminho...