dezembro 29, 2011

adeus ano velho

E cansado de novas promessas
a virada de ano já não significava nada.

As ondas que pulava
traziam mais do mesmo.

Um tom de solidão,
o ruído do silêncio
e a vontade de partir.

E só.

Nenhum comentário: