maio 29, 2011

blind

não, não te quer.

só agora você vê.

Nenhum comentário: