dezembro 26, 2010

Poço

Meu poço de decepções
sem fim

Sirva-me mais uma dose
lenta e dolorosa
firme e ardente

Um comentário:

irãns disse...

Revoltante para quem realmente já sentiu a verdadeira decepção.