dezembro 30, 2010

Feridas

O não saber
me fere mais
que o 'não'.

Roleta Russa

E me vejo no mesmo ponto.
Gire a roleta.

dezembro 28, 2010

Premonição

E só mais um.

Como não prever?

dezembro 27, 2010

De novo

E é por isso que não acredito no amor.

Adeus... de novo.

dezembro 26, 2010

Prazo de Validade

E dos vários 'Oi' que dei na vida
quase todos já vieram marcados com a despedida.

Prazo de validade.
Com ou sem, tudo tem seu fim.

Poço

Meu poço de decepções
sem fim

Sirva-me mais uma dose
lenta e dolorosa
firme e ardente

dezembro 24, 2010

Segredo

Segredos podem vir a tona
mesmo que você não queira

Surgimento da vida

Como surgiu a vida?

Eu, com certeza, não criaria...

dezembro 23, 2010

Jogo da sedução

Sua inconstância
me deixa com vontade
de quero mais.

Pode chegar!

Ilusão

Não se iludam.
Vocês jamais saberão
quem eu sou.

dezembro 22, 2010

Contradição

Sou tão legal
que sou 2ª, 3ª, 4ª opção.

Aproveitamento

Por essas e por outras
eu ganharia mais
se fosse ler um livro.

dezembro 20, 2010

Covardia

No fundo,
sempre odiei
pessoas covardes.

Faço meu próprio caminho.

dezembro 18, 2010

Pirita

A verdade está bem na sua cara.
Você não vê?

Não confie em ninguém.

dezembro 16, 2010

Cores

As cores me confundem.

dezembro 15, 2010

Pesadelos

Nem nos seus piores pesadelos
você tem noção do medo em que vivo.

Explosões

As pequenas explosões
de tentar ser eu mesmo.

dezembro 13, 2010

No caminho do pecado

Os seres humanos são estranhos.

Mesquinhos,
Falsos,
Metidos.

Cheios de ego
e orgulho.

Amo a imperfeição.

dezembro 11, 2010

Valor

5 centavos!

e quero meu troco!

dezembro 10, 2010

Sonambulismo Consciente [2]

Minhas alucinações
que me perseguem
e vivem em meus espaços

Na explosão do tocar
o intocável
e se ver
apertando um travesseiro.

dezembro 09, 2010

Sonambulismo Consciente

Numa espécie de sonambulismo
te vejo andar pela minha casa

O que fazes aqui?

Na certeza de uma ilusão
Acaricio o travesseiro
na certeza de que não é você

e não é.

dezembro 04, 2010

Paz

E tudo se conserta.

De um momento,
a vida traz surpresas.

Aproveite-as.
Depois corra
sem nada dizer.

dezembro 03, 2010

Sussurros

A decepção não nos larga
"é meu, é meu, é meu"

é só o que ela diz.