fevereiro 05, 2010

No vento

Porque na leve melodia do vento
Eu ouço sua voz
Que me coça a orelha.

Me faz rir.
Gargalho e como se fizesse cena,
tento morder sua orelha.

Não entendo.
Vai se fuder.

Nenhum comentário: