julho 19, 2009

Falsa fuga

Se você quisesse fugir? Para que lugar iria? Penso nisso há alguns anos...
Talvez nunca tivesse chegado há uma conclusão verdadeira. A Pasárgada de Manuel Bandeira talvez, mesmo mentalmente falando, seja totalmente ilusória.
Tento me refugiar nas músicas. Só tento. As coisas caminham fluídas e falhas. É como um rio com pedras estrategicamente posicionadas.
Em alguns vocais, encontro o grito para minha tristeza. Aquela coisa de ouvir de fora, algo que está gritando //para// internamente a você. Sinto-me melhor, mas as respostas já não me servem...
Eu não preciso exaltar minha tristeza para eliminá-la. Ela apenas se camufla. Logo volta.
Mudo para uma música nacional, alegre, dançante. O ritmo guia a mente e parece que meu lugar de fuga começa a se garantir. Ouço a letra...
Não. Não é aqui.
Paro realmente por instantes e penso que Pasárgada é utopia. Enquanto escrevo isso, um pseudo-relato nesse blog, meu winamp toca Legião Urbana.
O que me lembra Legião Urbana? Quantas coisas. Deixo a musica me tomar momentaneamente. Vejo uma cidade. Uma cidade que eu nunca vi, mas que posso imaginar. Via nas cartas que recebia.
Quero fugir para lá. Rápido. Corro.
Compro a passagem.
Chego. Continuo em busca de Pasárgada...

8 comentários:

Ademerson Novais disse...

E enquanta vezes fazemos essa viajem cara..quantas vezes queremos apenas é os pés nas estradas..o horizonete sem fim..e de vez em quando uma companhia que nos ajude atravessa alguns lugares desertos..demais só queremos issso...caminhar sem bussula...sem saber quando voltar...só com a vontade imensa de que a estrada nos ajude a chegar num destino qualquer que quremos...


Ademerson Novais de Andrade

YullyAngel. disse...

E quem é que não busca um refugio?

tb quero um....

Fran disse...

Fugir nem sempre adianta. Às vezes, precisamos trocar de coração, não de céus, ares, ou mares...

A fuga utópica pode ser a melhor saída...
...ou a melhor ilusão!

Míope sem óculos disse...

WINAMP?! skdpoaskdopaskdoask
Pasárgada...

Larissa Fafá disse...

viu, você também consegue descrever música e feelings em um post bonitamente. :)

Leandro disse...

acho que todo mundo precisa de uma parságada...

Caio Abreu disse...

Tb busco uma passagem para Pasárgada...

Amo a humanidade, mas detesto o ser humano... quero ir pra Pasárgada

Larissa Fafá disse...

Vou-me embora de Pasárgada, lá sou inimiga do rei. [...] Aqui não sou feliz, a existência é tão dura!